Médicos se reúnem em Poços para discutir avanços no tratamento do câncer de próstata

 

 

Na noite desta quinta-feira médicos de diversos centros do país estiveram reunidos em Poços de Caldas para discutir os novos tratamentos para o câncer de próstata. Organizado pelo Centro Integrado de Oncologia e Pesquisa (CIOP), o evento aconteceu no Zimbro Gastronomia e contou com a presença de vários especialistas da área urológica e oncológica.

 

Na ocasião, o Dr. Fernando Vidigal, Oncologista Clínico que já trabalhou no Centro Oncológico Antônio Ermírio de Moraes do Hospital São José em São Paulo e hoje é o diretor médico da Clínica Oncológica - Cettro em Brasília, ministrou uma palestra com o tema “Os avanços no tratamento de câncer de próstata resistente à castração”. Segundo ele, um em cada seis homens desenvolverão a doença no decorrer da vida.  Por outro lado, ele afirma que a medicina atualmente permite o tratamento do câncer mesmo em estágios avançados. A taxa de cura, quando diagnosticado inicialmente, chega a 90-95%. “Houve um tempo em que o diagnóstico positivo era o mesmo que uma sentença de morte. Porém hoje existem novos medicamentos que aumentam a expectativa e qualidade de vida do paciente”.

 

O evento contou também com a presença de Oncologistas e Urologistas de outros centros como Campinas, São Paulo e da nossa região.

 

Dr. Tobias Engel Botrel, Oncologista Clínico e organizador do evento, destaca que embora o Novembro Azul seja voltado para prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata, esta iniciativa contribui para melhorias no tratamento da doença no país. “A intenção foi reunir profissionais altamente capacitados para analisar os estudos recentemente publicados na área, discutir casos clínicos, trocar experiências e reforçar a importância do tratamento multidisciplinar na oncologia”, explica.