Pertuzumabe vai fazer parte do tratamento contra o Câncer de Mama Metastático

Na última segunda-feira (04), o Secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde tornou pública a decisão de incorporar o pertuzumabe no tratamento do câncer de mama HER2-positivo metastático em primeira linha de tratamento. A decisão já foi estabelecida nas Diretrizes Diagnósticas e Terapêuticas do Ministério da Saúde, no âmbito do Sistema Único de Saúde – SUS.

O prazo máximo para efetivar a oferta ao SUS é de cento e oitenta dias, segundo determinação do art. 25 do Decreto 7.646/2011. O relatório de recomendação da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (CONITEC) estará disponível no site: conitec.gov.br

 

O que é pertuzumabe?

Pertuzumabe é um anticorpo monoclonal recombinante humanizado recomendado para pacientes com câncer de mama HER2-positivo metastático ou localmente recorrente não ressecável, que não tenham recebido tratamento prévio com medicamentos anti-HER2 ou quimioterapia para doença metastática. Combinado a outros medicamentos, ele pode aumentar a sobrevida de pacientes atingidos.