ANS divulga novos procedimentos cobertos pelo plano de saúde

 

A Agência Nacional de Saúde divulgou uma nova lista de procedimentos que deverão ter cobertura obrigatória pelos planos de saúde a partir do dia 2 de janeiro de 2018. Entre os 18 procedimentos acrescentados à lista foi incluso 8 medicamentos orais para tratamento de cânceres e uma tomografia computorizada, além de exames, terapias e cirurgias.

Nesta mesma lista foi ampliada a cobertura para outros sete procedimentos, incluindo medicamentos orais contra o câncer e um remédio para tratamento de esclerose múltipla, algo até então inédito no Rol de Procedimentos, segundo a ANS.

A nova cobertura atenderá 42,5 milhões de beneficiários que possuem planos de assistência médica e 22,6 milhões que têm planos odontológicos, de acordo com a ANS.

Com relação ao valor, a Agência afirmou que após a ampliação dos procedimentos obrigatórios, há uma avaliação que dura cerca de um ano. Caso seja identificado um impacto financeiro depois desse prazo, será feita uma avaliação para o cálculo de reajuste no ano seguinte. Por isso, temporariamente, não haverá alta nos valores.

Principais procedimentos oncológicos incorporados à lista:

  • Medicamentos orais para tratamento de cânceres de pulmão, melanoma, próstata, tumores neurológicos e leucemia (alfatinibe, crizotinibe, dabrafenibe, enzalutamida, everolimo, ruxolitinibe, ibrutinibe e tramatinibe).

  • Tomografia computorizada por emissão de pósitrons (PET-CT) para diagnóstico de tumores neuroendócrinos.